VII CONEDU
VII Congresso Nacional de Educação

Educação como (re)Existência: mudanças, conscientização e conhecimentos

Maceió - AL, 15 a 17 de outubro de 2020
Submeta seu trabalho

Cadastre-se e submeta seu trabalho na Área do Participante. Clique aqui.

Período de Submissão

Os trabalhos serão submetidos até a data: 01/09/2020

Módulo de Submissão

Os trabalhos poderão ser enviados nas modalidades: Comunicação Oral (CO), E-book, Pôster (PO).

CONHEÇA NOSSOS GRUPOS DE TRABALHO

Os Grupos de Trabalho foram pensados para fornecer ao participante as linhas de pesquisas mais importantes e inovadoras.

Grupo de Trabalho

Apresentar elementos relacionados a formação inicial e continuada de professores e seus marcos legais. Debater sobre os currículos dos cursos de formação. Discutir os diferentes saberes, as práticas e o papel dos programas de ensino, pesquisa e extensão na formação dos professores.  Apresentar as reflexões sobre identidade e profissionalização docente.
Evidenciar o contexto político-educacional contemporâneo da Didática, evidenciando a ação docente. Analisar as dimensões do processo de ensino e aprendizagem, do planejamento e da avaliação educacional. Refletir sobre as políticas de currículo. Compreender o currículo como cultura, poder e ética.
Discutir os estudos sobre a História da Educação; Ensino de História; Historiografia; Patrimônio Escolar; Materiais pedagógicos; Instituições; Cultura e práticas escolares.
Compreender os estudos das áreas do conhecimento da Sociologia, Filosofia e da Psicologia e a interface com a Educação. O ensino e a prática docente.
Analisar as relações entre os sujeitos e os processos educativos no contexto social e político. Compreender as questões que envolvem os movimentos de diferentes campos, tais como: Educação Popular, Educação do Campo, Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra e diversas formas de expressão - Mulheres, Negros, Homossexuais, Jovens - ressaltando o caráter identitário e o direito ao exercício da cidadania. Discutir as possibilidades didático-pedagógicas dos processos educativos, para seu fortalecimento.
Apresentar os estudos sobre as políticas de ações afirmativas; formação de professores e o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana; Inclusão social e cidadania no sistema educacional; Valorização dos processos históricos, processos identitários e de respeito desde as formas individuais até as coletivas.
Compreender os estudos com interface entre Educação e as relações de gênero. Explorar ainda os conceitos de ordenação de gênero; avaliação e gênero; sexismo; diversidade sexual.
Analisar a utilização de múltiplas linguagens no contexto educativo. Compreender o conceito de letramento e alfabetização no campo da Linguística e da Educação. 
Destacar as nuances dessa etapa da escolarização, sistemas de ensino, avaliação e projeto político-pedagógico para o desenvolvimento da linguagem e do pensamento. Discutir os objetivos da Educação Infantil para a integralização de todas as etapas do desenvolvimento infantil envolvendo seus múltiplos aspectos e as relações familiares e sociais. 
Discutir as políticas educacionais de acessibilidade nos diferentes segmentos educacionais e setores da sociedade civil. A formação de professores para o atendimento educacional especializado para atender ao público da educação especial - deficiências, transtornos globais de desenvolvimento e com altas habilidades/superdotação. 
Compreender a complexidade dos processos educacionais que se preocupam com a eliminação ou minimização das exclusões a partir de referenciais fundamentados nos Direitos Humanos em vinculação com perspectivas interculturais, sócio-políticas e psicológicas que contribuem para a compreensão do cotidiano educacional. Os estudos que ele compreende preocupam-se com a análise e produção de conhecimento em níveis micro, meso e macro, relativos a assuntos como: poder; saber; corporeidade; descolonização; igualdade/desigualdade; diferenças; culturas, políticas e práticas educacionais; práticas discursivas; diversidade; justiça social; cidadania e valores.
Promove o debate sobre os estudos voltados para a educação oferecida para pessoas jovens, adultas e idosas. A agenda, as estratégias, os direitos, os deveres e as responsabilidades para este segmento. As modalidades: presencial, à distância, restrição, privação de liberdade e gerontológica.
Compreender o Ensino de Matemática; Formação de professores; Matemática e suas tecnologias; Processos cognitivos e linguísticos. A Matemática como um campo de investigação multidimensional.
Promover o debate envolvendo a educação ambiental na sociedade contemporânea. Analisar criticamente de modo que a comunidade escolar tenha uma visão mais ampla sobre as possibilidades de aproveitamento dos recursos naturais, a conscientização da preservação do meio ambiente, a manutenção do desenvolvimento urbano e a economia local.
Compreender o ensino de Língua Portuguesa e Línguas Estrangeiras como centro de discussão nos estudos de leitura, escrita, oralidade e análise linguística no ensino básico. Destacar as habilidades comunicativas, políticas de pluralismo linguístico, o currículo e as práticas docentes.
Problematizar sobre as abordagens teórico-metodológicas no ensino dos conceitos científicos. As dimensões histórica e filosófica no Ensino de Ciências. Apresentar as possibilidades de promover a melhoria da qualidade dos processos de ensino e aprendizagem relacionada à difusão e à popularização da ciência e tecnologia. Debater os aspectos multi e interdisciplinares nos processos de ensino e aprendizagem de Ciências. 
Destacar as produções em diferentes áreas do conhecimento que contemplem atividades educacionais, favorecendo as discussões para a revisão dos processos de ensino e aprendizagem, incluindo a Educação em Espaços não escolares. Analisar a interconexão Educação e Arte - Teatro, Artes visuais, Dança, Literatura, Música - na prática docente.
Refletir sobre as bases teórico-metodológicas da Educação Emocional e seus desdobramentos no cotidiano escolar e não-escolar. Analisar as experiências de Educação Emocional. Discutir a questão da formação docente em Educação Emocional. Compreender as relações entre Educação Emocional e Práticas Integrativas e Complementares. Compreender a relação saúde e Educação Emocional. Examinar a Educação Emocional como instrumento de empoderamento de grupos populares e pessoas em situação de vulnerabilidade.
Refletir sobre as intersecções entre as Tecnologias e a Educação, narrativas e culturas digitais, tecnologia digital, redes, games na perspectiva educacional, investimentos públicos. O professor e as tecnologias nos processos de ensino e aprendizagem.
Promover debates multidisciplinares sobre os processos educativos vinculados ao mundo do trabalho. Discutir as possibilidades e os desafios do currículo no ensino médio integrado. Analisar práticas educativas em Educação Profissional e Tecnológica (EPT). Compreender os recursos didáticos e os processos de ensino e aprendizagem em EPT.
Tem por objetivo constituir-se como um espaço tempo de interseção e encontro de estudos produzidos pelos subcampos das políticas educacionais e das políticas públicas, reunindo pesquisadores e estudantes que tenham por interesse ou objeto de estudo as políticas públicas de educação,  abordadas tanto em sua dimensão teórica e epistemológica como em sua dimensão prática, isto é, a partir de sua implementação ou execução.

VII Congresso Nacional de Educação

Educação como (re)Existência: mudanças, conscientização e conhecimentos

Facebook Instagram Youtube